Fandom

Wiki Dungeons & Dragons 4th Brasil

Draconatos

158 páginas
nesta wiki
Adicione uma página
Comentários0 Compartilhar
Draconato
Draconatos.png

Altura Média

1,85 m - 2,00 m

Peso Médio

110 kg - 160 kg

Valores de Atributo

+2 em Força, +2 em Carisma

Tamanho

Médio

Deslocamento

6 quadrados

Visão

Normal

Idiomas

Comum, Dracônico

Bônus nas Perícias

+2 em História, +2 em Intimidação

Guerreiros orgulhosos e honrados, nascidos do sangue de um deus dragão ancestral.

Nascidos para lutar, os draconatos pertencem a uma raça de mercenários, soldados e aventureiros. Há muito tempo, seu império batalhou para dominar o mundo, mas agora restam somente alguns clãs exilados destes guerreiros honrados para transmitir as lendas de sua glória ancestral.

Jogue com um draconato se você quiser:

  • Ter aparência dracônica.
  • Ser um herdeiro orgulhoso de um império ancestral arruinado.
  • Soprar rajadas ácidas, congelantes, flamejantes, elétricas ou venenosas.
  • Pertencer a uma raça que privilegia as classes senhor da guerra , guerreiro e paladino.

Aparência física

Os draconatos parecem dragões humanóides. São cobertos de escamas de couro, mas não possuem caudas. Têm um porte alto e forte, geralmente passando dos 1,80 m de altura e pesando 150 kg ou mais. Suas mãos e patas possuem unhas fortes, parecidas com garras, com três dedos e um polegar em cada mão. A cabeça de um draconato apresenta um focinho rombudo, uma fronte vigorosa e frisos característicos no queixo e nas têmporas. Atrás das sobrancelhas, há uma crista de escamas similares a chifres de vários tamanhos, que lembram cabelos grossos, roliços e pegajosos. Seus olhos têm tonalidades vermelhas ou douradas.

As escamas de um draconato típico são escarlates, douradas, ferrugem, bronzeadas ou marrons. Raramente o tom das escamas de um indivíduo se assemelha à cor dos dragões cromáticos ou metálicos e elas não fornecem indícios do tipo de sopro do draconato. Quase todos os draconatos possuem escamas muito finas sobre a maior parte do corpo, concedendo à sua pele uma textura coriácea, com regiões de escamas maiores nos antebraços, canelas, patas, ombros e coxas.

Os filhotes dos draconatos crescem mais rápido que as crianças humanas. Eles aprendem a andar poucas horas depois de chocarem, atingem o tamanho e as capacidades de uma criança humana de 10 anos aos 3 e atingem a idade adulta com 15. Eles vivem tanto quanto os humanos.

Aspectos raciais

Fúria dos Draconatos: Quando estiver sangrando, o draconato recebe +1 de bônus racial nas jogadas de ataque.
Herança Dracônica: O valor do pulso de cura de um draconato é igual a um quarto dos seus pontos de vida + seu modificador de Constituição.
Sopro de Dragão: Os draconatos podem usar o sopro de dragão como um poder por encontro.

Trilhas exemplares raciais

Jogando com draconatos

Para um draconato, a honra é mais importante que sua própria vida. Antes de tudo, a honra está relacionada à conduta no campo de batalha. Os oponentes devem ser tratados com cortesia e respeito, mesmo quando forem inimigos terríveis. A cautela e a discrição são as chaves da sobrevivência de um guerreiro, mas o medo é uma doença e a covardia é a decadência moral.

Essa tendência ao comportamento honrado se estende em todos os aspectos da vida do draconato: ignorar um juramento é a mais alta desonra, e essa atenção à honestidade se aplica a todas as suas palavras. Um compromisso assumido deve ser cumprido. Essencialmente, os draconatos assumem a responsabilidade por suas atitudes e pelas consequências delas.

Um ímpeto contínuo pelo auto-aprimoramento revela outro aspecto da honra dos draconatos. Essa raça valoriza a técnica e a excelência em todos os seus afazeres. Eles odeiam fracassar e se esforçam ao máximo antes de desistir de qualquer tarefa. Um draconato adota a maestria numa determinada perícia como um objetivo de vida. Os membros de outras classes que partilham desse mesmo comprometimento têm facilidade para obter o respeito de um draconato.

Muitas vezes, toda essa dedicação à honra e à excelência acaba levando os outros a verem os draconatos como seres arrogantes e orgulhosos. A maioria dos draconatos partilha um orgulho muito grande pelas conquistas da raça no passado e no presente, mas eles também são rápidos em reconhecer e admirar os feitos alheios. Embora o império tiefling de Bael Turath tenha sido um inimigo do antigo império draconato de Arkhosia, os draconatos reconhecem os tieflings como companheiros e oponentes dignos, admirando sua força e tenacidade como aliados ou inimigos.

Os draconatos procuram aventuras pela chance de mostrarem seu valor, conquistar renome e talvez se tornarem os campeões cujas histórias serão contadas durante gerações. Alcançar a glória perpétua por meio de façanhas valorosas, proezas audazes e técnicas supremas - esse é o sonho do draconato.

Características de Draconato: Determinado, honrado, nobre, perfeccionista, orgulhoso, confiável, reservado, arraigado na história ancestral.
Nomes Masculinos: Arjhan, Balasar, Bharash, Barish, Donaar, Ghesh, Heskan, Kriv, Kafral, Medrash, Nadarr, Patrin, Rhogar, Shamash, Shedinn, Torinn.
Nomes Femininos: Akra, Biri, Daar, Harann, Kava, Ko-rinn, Mishann, Nala, Perra, Raiann, Sora, Surina, Thava.

Aventureiros draconatos

A seguir, são descritos três exemplos de aventureiros draconatos.

Bharash é um senhor da guerra draconato que lidera um grupo de aventureiros em busca de glória e riquezas. Inspirado pelas histórias dos antigos heróis de Arkhosia, ele procura seu destino em combate. Seu sonho é, um dia, liderar um poderoso exército contra uma horda de ores ou uma hoste de hobgoblins, mas provisoriamente ele se contenta em coordenar ataques contra as forças inferiores do mal que ele encontra em masmorras c ruínas. Ele adora a Bahamut como o deus da honra.

Harann é uma guerreira dedicada ao domínio da sua arma escolhida, a espada bastarda. Ela se levanta todas as manhãs para praticar manobras de combate e se esforça constantemente para dominar novas técnicas. A excelência nessa arma é simbólica para ela; representa excelência de caráter e aperfeiçoamento espiritual. Quando tiver atingido completo domínio da espada bastarda, ela acredita que terá atingido sua perfeição pessoal.

Donaar é um paladino de Erathis, a deusa das cidades e da civilização. Ele acredita que a raça dos draconatos está destinada a ressurgir das cinzas do seu império ancestral e formar uma nova nação esculpida nos ermos selvagens. Ele pretende ser um instrumento nesse processo. Como uma recordação da sua natureza ancestral, ele conserva um pedaço do ovo onde foi chocado como um amuleto pendurado no pescoço. Embora muitas vezes acredite que pilhar masmorras seja um desperdício de esforço, ocasionalmente ele encontra um resquício do império draconato perdido há séculos. Ele acredita que um dia poderá usar esses objetos para forjar um novo império para o seu povo.

Referências

  1. D&D 4º edição - Livro do Jogador
  2. D&D 4º edição - Livro do Jogador 2

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no Fandom

Wiki aleatória