Fandom

Wiki Dungeons & Dragons 4th Brasil

Meio-Elfos

158 páginas
nesta wiki
Adicione uma página
Comentários0 Compartilhar
Meio-Elfo
Meioelfos.png

Altura Média

1,65 m - 1,85 m

Peso Médio

65 kg - 95 kg

Valores de Atributo

+2 em Constituição, +2 em Carisma

Tamanho

Penumbra

Deslocamento

6 quadrados

Visão

Normal

Idiomas

Comum, Élfico, escolha mais um

Bônus nas Perícias

+2 em Diplomacia, +2 em Intuição

Heróis e líderes natos que combinam as melhores características dos humanos e dos elfos.

Descendentes de humanos e elfos, os meio-elfos são uma raça muito importante que geralmente combina as melhores características dos elfos e dos humanos.

Jogue com um meio-elfo se você quiser:

  • Ser um líder sociável e empolgado.
  • Ser um herói carismático, que se sente confortável em duas culturas diferentes.
  • Pertencer a uma raça que privilegia as classes senhor da guerra, paladino e bruxo.

Aparência físicaEditar

Os meio-elfos tendem a ser mais robustos que os elfos, ainda que sejam mais esguios que os humanos. Apresentam a mesma variedade de compleições dos humanos e dos elfos e, como os últimos, têm olhos e cabelos geralmente de cores que não costumam surgir entre os humanos. Os homens têm pêlos faciais, diferentes dos elfos, e usam bigodes finos, cavanhaques ou barbas curtas. As orelhas dos meio-elfos são do tamanho das orelhas dos humanos, mas elas se estreitam, como as dos seus ancestrais feéricos.

Os meio-elfos geralmente adotam as roupas e penteados da sociedade onde viveram mais tempo; por exemplo, um meio-elfo criado numa tribo de bárbaros humanos se vestiria com peles e casacos, conforme a preferência dessa tribo, e também adotaria as tranças e pinturas faciais desse povo. Entretanto, não é raro os meio-elfos criados entre os humanos procurarem artigos do vestuário ou joalheria élfica para exibirem orgulhosamente os traços de sua ancestralidade dupla.

Os meio-elfos vivem tanto quanto os humanos, porém, assim como os elfos, conservam bem seu vigor conforme envelhecem.

Aspectos raciaisEditar

Diletante: No 1° nível, o meio-elfo escolhe um poder de ataque sem limite de 10º nível de uma classe diferente da sua. Ele pode usá-lo como um poder por encontro.
Herança Dupla: Os meio-elfos podem adquirir talentos que possuam humano ou elfo como pré-requisito (assim como aqueles específicos para os meio-elfos), desde que atendam aos demais pré-requisitos.
Diplomacia Coletiva: Os meio-elfos concedem +1 de bônus racial nos testes de Diplomacia aos aliados a até 10 quadrados deles.

Jogando com meio-elfosEditar

Os meio-elfos são mais do que apenas uma combinação de duas raças — a mistura de sangue humano e élfico produz uma espécie única com qualidades próprias. Eles compartilham a graça natural, o porte atlético e os sentidos aguçados dos elfos e a paixão e a determinação dos humanos. Todavia, são carismáticos, confiantes e liberais à sua maneira, sendo diplomatas, negociantes e líderes natos.

Os meio-elfos gostam de estar entre as pessoas, e quanto maior a diversidade, melhor. Viajam pelos centros mais populosos, especialmente as maiores cidades, onde podem encontrar membros de diversas raças misturados. Os meio-elfos cultivam uma ampla rede de relacionamentos, sejam amizades genuínas ou afiados com propósitos mais práticos. Eles tendem a estabelecer relacionamentos com humanos, elfos e membros de outras raças para aprenderem mais sobre eles, o modo como vivem e como trilham seus caminhos pelo mundo.

Essa raça raramente permanece miüto tempo no mesmo lugar. Seu desejo de viajar os transforma em aventureiros natos e eles se sentem em casa não importa onde estejam. Quando seus caminhos retornam a um local que já tenham visitado antes, eles procuram os velhos amigos e renovam seus contatos antigos.

Essencialmente, os meio-elfos são sobreviventes, capazes de se adaptarem a qualquer situação. Eles quase sempre são bem-quistos e admirados por todos, não apenas pelos elfos e humanos. São simpáticos e têm mais facilidade que os demais para se colocar no lugar dos outros.

Os meio-elfos inspiram lealdade nas pessoas naturalmente, e correspondem esse sentimento com profunda amizade e um dedicado senso de responsabilidade por aqueles que estão sob seus cuidados. Os senhores da guera e generais meio-elfos não conduzem seus seguidores para ameaças que eles mesmos não enfrentariam e geralmente comandam na linha de frente, certos de que seus aliados os seguirão.

Essa raça não tem uma cultura própria e não é muito numerosa. Eles costumam usar nomes humanos ou élficos, geralmente adotando um nome entre os humanos e outro entre os elfos. Muitos anseiam intensamente por seu lugar no mundo, sem afinidade nenhuma com qualquer raça, exceto outros meio-elfos, mas a maioria se declara cidadãos do mundo e aparentado de todos.

Características de Meio-Elfo: Prestativo, adaptável, encantador, confiante, sociável, liberal.
Nomes de Meio-Elfos: Geralmente nomes élficos ou humanos, embora alguns meio-elfos tenham nomes típicos de outras raças.

Aventureiros meio-elfosEditar

A seguir, são descritos três exemplos de aventureiros meio-elfos.

Daran é um meio-elfo senhor da guerra e um estrategista dedicado. Ele não cultiva aspirações de marchar encabeçando um exército, mas se contenta em liderar seu pequeno grupo de amigos em busca de glória pessoal. As riquezas representam um beneficio bem-vindo das aventuras e, entre elas, ele gasta seu tempo e suas recompensas nas cidades do mundo. Ele conquista amigos com facilidade, atraindo uma ampla rede de contatos para encontrar oportunidades de aventuras e tem favores pendentes em toda parte.

Shiva é uma meio-elfa bruxa cuja personalidade taciturna inspira mais medo do que lealdade. Diferente da maior parte da sua raça, ela cresceu se sentindo diferente tanto da sociedade dos humanos quanto dos elfos. Ela sempre foi uma solitária e está acostumada a confiar apenas em si mesma. Agora que faz parte de um grupo de aventureiros, está aprendendo lentamente a confiar nos seus companheiros.

Calder é um meio-elfo paladino de Pelor, o deus do sol. Um forte senso de compaixão o impele a ajudar os necessitados e aliviar o sofrimento de todas as formas que ele puder. Ele luta contra as forças do mal que oprimem os fracos, independente de serem bandidos atacando caravanas ou gnolls destruindo fazendas. Entretanto, ele não se permite ser somente um combatente, passando mais tempo ajudando as vítimas das adversidades do que celebrando seus sucessos.

ReferênciasEditar

  1. D&D 4º edição - Livro do Jogador

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no Fandom

Wiki aleatória