FANDOM


É meu direito clamar pelo que os fracos possuem.

Um personagem maligno não vai necessariamente sair do seu caminho para ferir as pessoas, mas pode muito bem tirar vantagem das fraquezas dos outros para conseguir o quer.

Um personagem maligno utiliza as regras c a ordem para maximizar suas vantagens pessoais. Ele não se incomoda se essas leis prejudicam outros indivíduos. Ele apoia estruturas institucionais que lhe concedam poder, mesmo que isso custe parte da liberdade alheia. A escravidão e as estruturas sociais mais rígidas não são apenas aceitas como também são desejadas pelos personagens malignos, desde que eles estejam em condição de tirar benefícios disso.

ReferênciasEditar

  1. D&D 4º edição - Livro do Jogador